Covid-19 · Resumo · Semana 41 · Semana epidemiológica

ResumoDF – #10

Semana epidemiológica 41
(DE 04 A 10 DE OUTUBRO)

A situação da epidemia de Covid-19 no Distrito Federal (DF), na semana 41, mostra o quadro abaixo.

O número acumulado de casos confirmados subiu de, 194.569 na semana 40 para 200.035 na semana 41, desde o início da epidemia.

| Números de casos confirmados |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 11/10/2020

 

O número de casos novos nesta semana foi de 4.786. Na semana 40 foram 6.175 casos novos, ou seja, tivemos uma diminuição de 1.389 casos novos esta semana quando comparada com a semana passada.

| Números de casos novos |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 11/10/2020

 

A taxa de incidência, que mostra o número de casos novos para cada 100 mil habitantes, subiu de 6.308, na semana 40 para 6.553 na semana 41.

| Número de casos por 100.000 hab |
| (Incidência) |
FIOCRUZ. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT). MonitoraCovid-19. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://bigdata-covid19.icict.fiocruz.br/. Acessado em 12/10/2020

 

Os locais de maiores taxas de incidência (número de contaminados em cada 100 mil habitantes) são na ordem: Ceilândia, Taguatinga, Plano Piloto, Samambaia, Aguas Claras, Gama e Guará.

Abaixo, na figura 3, pode-se verificar pelo mapa colorímetro a distribuição geográfica das incidências, segundo as regiões administrativas.

Esta semana, assim como nas quatro semanas anteriores, o portal Covid 19 não atualizou a quantidade de testes efetuados no DF. Este fato não permite uma avaliação segura sobre a tendência de diminuição do número de casos novos. A perspectiva positiva é que a diminuição mostrada nos últimos números, apesar de oscilatória, pode estar relacionada com uma efetiva diminuição da transmissão; a perspectiva negativa é que tenha ocorrido uma diminuição do número de testes realizados, em especial, a testagem de contatos – não há informação clara, por exemplo, se o GDF está testando contatos que não manifestam sintomas.

O número absoluto de óbitos acumulados em todo o DF subiu de 3.309 na semana 40 para 3.424 na semana 41. Um registro de 103 óbitos nesta semana, 23 óbitos a menos que na semana 40.

| Números de óbitos confirmados |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 11/10/2020

No gráfico abaixo podemos verificar uma oscilação nos números de novos óbitos diários com diminuição nas três últimas semanas.

Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 11/10/2020

A taxa de mortalidade por Covid-19, que mostra o número de óbitos para cada 100 mil habitantes, aumentou de 108.40 na semana 40 para 112.17 na semana 41.

| Número de óbitos por 100.000 hab |
| (Mortalidade) |

 

FIOCRUZ. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT). MonitoraCovid-19. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://bigdata-covid19.icict.fiocruz.br/. Acessado em 12/10/2020

O número de leitos de UTI no setor público exclusivos para pacientes de Covid-19 apresenta uma leve diminuição em relação à semana anterior, conforme quadro abaixo. Estes leitos são ocupados somente por pacientes confirmados de Covid-19. Na semana 40 a taxa estava em 58,06%, e, nesta semana 55,80%, conforme mostra o quadro abaixo.

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 11/10/2020

 

Quanto à ocupação em leitos de enfermarias para Covid-19 a taxa de ocupação é de 37,84%, conforme quadro abaixo.

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 11/10/2020

 

A taxa de ocupação hospitalar diminuiu também na rede particular passando de 74,77% na semana 40, para 70,45% nesta semana, no que se refere a leito específico para Covid-19. Porém, a taxa de leito pediátrico específico para Covid-19 atingiu sua ocupação máxima, ou seja, 100%.

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 11/10/2020

 

O número reprodutivo efetivo não teve atualização no site da Rede Covida desde o dia 19/09. No último relatório da PrEpidemia da UnB (Boletim COVID-19 DF – Situação e cenários da pandemia de COVID-19 no Distrito Federal de 30 de setembro de 2020 ,v1.0) é possivel verificar o dado mais atualizado de 28/09 na coluna R(t) médio estimado. Também esta foi a última atualização verificada no site, uma vez que seus boletins são, normalmente, quinzenais.

 

Em resumo

A taxa de ocupação de leitos adultos de UTI no DF diminuiu discretamente no setor público e no setor privado quando comparado com a semana anterior. Porém, importante ressaltar que a taxa de ocupação de leitos pediátricos específicos para Covid-19 atingiu 100%, ou seja, ocupação máxima, no setor privado, fato não identificado anteriormente.

O número absoluto de casos novos de Covid-19 na semana 40 mostra diminuição em relação à semana anterior:

  • semana 33: 14.270 casos novos
  • semana 34: 11.033 casos novos
  • semana 35: 12.399 casos novos
  • semana 36: 9.079 casos novos
  • semana 37: 7.041 casos novos
  • semana 38: 7.448 casos novos
  • semana 39: 5.512 casos novos
  • semana 40: 6.175 casos novos
  • semana 41: 4.786 casos novos

Os números desta semana mostram uma diminuição de casos novos, depois de uma subida na semana anterior. Esses dados ainda mostram oscilações, ou seja, ainda não se percebe um padrão de diminuição sustentada. Apesar de os dados não permitirem que se tenha uma ideia mais segura sobre a diminuição da transmissão comunitária, pode-se perceber uma melhora geral dos números de casos novos, principalmente quando comparamos os dados atuais com os das semanas de agosto passado. Entretanto, devemos considerar que o número semanal de casos novos ainda é alto; e que devemos, ainda, acompanhar com cautela os resultados das próximas semanas, para termos maior clareza sobre a tendência de diminuição da transmissão.

O número absoluto de óbitos nesta semana epidemiológica 41 decresceu em relação à semana anterior pela quinta vez consecutiva, conforme verificamos abaixo:

  • semana 33: 246 óbitos
  • semana 34: 299 óbitos
  • semana 35: 193 óbitos
  • semana 36: 250 óbitos
  • semana 37: 183 óbitos
  • semana 38: 165 óbitos
  • semana 39: 135 óbitos
  • semana 40: 126 óbitos
  • semana 41: 103 óbitos

As taxas de Incidência e de Mortalidade por Covid-19 permanecem em ascensão, ainda em ritmo menor, devido à diminuição do número de casos novos e de óbitos semanais.

O número reprodutivo efetivo (Rt), em média, na semana 39, estava entre 0,8 e 1,1 com IC de 95%. Nesta semana também não houve atualização deste número. Porém, como relatado no relatório da PrEpidemia, há uma variação significativa nos hábitos da população do DF, o que gera diferentes números de reprodução da pandemia nos diferentes estratos sociais.

A diminuição da ocupação de leitos específicos para Covid-19, do número absoluto de casos novos e de óbitos, nas últimas semanas, aponta para uma sensível melhoria da situação epidemiológica da pandemia no DF, mas ainda insuficiente para que se possa pensar em diminuir a vigilância.

Esta semana alguns cenários sociais foram alterados. A partir do dia 21 de setembro, houve a reabertura do ensino infantil e do fundamental I, nas escolas privadas, com aulas presenciais. Nesta semana, a partir de 11 de outubro, ocorre e reabertura dos bares e comércio em geral, no horário comercial; e dos shoppings, das 10:00 às 22:00 horas. Estão previstas a reabertura do ensino fundamental II nas escolas particulares, a partir do dia 19 de outubro de 2020; e a do ensino médio e profissionalizante, a partir do dia 26 de outubro de 2020. E esta semana o Governo anunciou a desmobilização gradual dos leitos de Covid-19 no DF.