Covid-19 · Resumo · Semana 38 · Semana epidemiológica

ResumoDF – #07

Semana epidemiológica 38
(DE 13 a 19 DE SETEMBRO)

A situação da epidemia de Covid-19 no Distrito Federal (DF), na semana 38, mostra o seguinte quadro.

O número acumulado de casos confirmados subiu de 175.648, na semana 37, para 183.096 na semana 38, desde o início da epidemia.

| Números de casos confirmados |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 20/09/2020

 

O número de casos novos nesta semana foi de 7.448. Na semana 37 foram 7.043 casos novos, ou seja, tivemos um aumento de número de casos novos esta semana. O que significa que, mesmo em menor velocidade, a curva de novas contaminações mostra ascensão esta semana.

| Números de casos novos |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 20/09/2020

 

A taxa de incidência, que mostra o número de casos novos para cada 100 mil habitantes, subiu de 5.793 (semana 37), para 5.998, na semana 38.

| Número de casos por 100.000 hab |
| (Incidência) |
FIOCRUZ. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT). MonitoraCovid-19. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://bigdata-covid19.icict.fiocruz.br/. Acessado em 14/09/2020

 

Quanto aos testes para diagnóstico de Covid-19: não houve atualização, pela Secretaria de Estado de Saúde do GDF, da quantidade de testes realizados durante a semana epidemiológica 38.

O número absoluto de óbitos acumulados em todo o DF subiu de 2.883 na semana 37 para 3.048 nesta semana 38. Um registro de 165 óbitos nesta semana, porém 18 óbitos a menos que na semana 37.

| Números de óbitos confirmados |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 20/09/2020

 

No gráfico abaixo podemos verificar uma oscilação nos numeros de novos óbitos diários.

| Números de óbitos novos |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 20/09/2020

 

A taxa de mortalidade por Covid-19, que mostra o número de óbitos para cada 100 mil habitantes, aumentou de 94,97 da semana 37 para 99,85 na semana 38.

| Número de óbitos por 100.000 hab |
| (Mortalidade) |
FIOCRUZ. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT). MonitoraCovid-19. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://bigdata-covid19.icict.fiocruz.br/. Acessado em 20/09/2020

O número de leitos de UTI exclusivos para pacientes de Covid-19 apresenta uma leve diminuição em relação à semana anterior, conforme quadro abaixo.

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 20/09/2020

 

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 20/09/2020

 

O tempo médio de internação na UTI permanece de 15 dias e a fila para pacientes já diagnosticados por PCR com Covid-19 é de 8 pacientes em espera no dia 20/09.

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 20/09/2020

 

A taxa de ocupação hospitalar aumentou na rede particular passando de 74,40% de ocupação na semana 37 para 82,25% na semana 38.

Portal Covid-19@GDF – http://www.coronavirus.df.gov.br/index.php/leitos/ acesso 20/09/2020

 

O número reprodutivo efetivo (Rt), que mostra quantas pessoas cada paciente de Covid-19 contamina, em média, está, na semana 38, entre 0,8 e 1,1 com IC de 95% . A última atualização deste dado no site da Rede Covida ocorreu dia 12/09

| Número Reprodutivo Efetivo Ajustado (Rt) |
Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais https://covid19br.wcota.me/ – Acessado em 20/09/2020

 

Em resumo

A taxa de ocupação de leitos adultos de UTI no DF diminuiu discretamente no setor público e aumentou 7,85% no setor privado.

O número absoluto de casos novos de Covid-19 na semana 38 teve um aumento em relação à semana anterior:

  • semana 33: 14.270 casos novos
  • semana 34: 11.033 casos novos
  • semana 35: 12.399 casos novos
  • semana 36: 9.079 casos novos
  • semana 37: 7.041 casos novos
  • semana 38: 7.448 casos novos

Estes números mostram um decréscimo de casos nas semanas 36 e 37 e leve acréscimo na semana 38. Esta oscilação não nos permite verificar uma curva em decréscimo mais permanente. A cautela permanece necessária frente ao ainda alto grau de transmissão comunitária.

O número absoluto de óbitos nesta semana epidemiológica 38 decresceu em relação à semana anterior pela segunda vez consecutiva. Entretanto, ainda mostra oscilação e não se pode afirmar com clareza se a tendência é permanente, conforme verificamos abaixo:

  • semana 33: 246 óbitos
  • semana 34: 299 óbitos
  • semana 35: 193 óbitos
  • semana 36: 250 óbitos
  • semana 37: 183 óbitos
  • semana 38: 165 óbitos

As taxas de Incidência e de Mortalidade por Covid-19 permanecem em patamar elevado e em ascensão, ainda que em ritmo menor. A situação continua requerendo cuidado e observação dos números face às medidas de flexibilização autorizadas pelo GDF, entre outros fatores, que devem impactar os dados epidemiológicos da pandemia no DF.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *